sábado, 27 de fevereiro de 2010

Charlotte Gainsbourg para Balenciaga

Alguns posts atrás estive falando de sua irmã por parte de mãe Lou Doillon que fez um filme fashion para a marca francesa Vanessa de Bruno, nessa familia elegância é algo genético.
Dessa vez Charlotte que empresta sua beleza pela segunda vez para a icônica Balenciaga que se encantou com a personalidade da atriz e cantora, em 2008 Charlotte substituiu a atriz Jennifer Connelly como o rosto da marca. Gainsbourg virou musa da campanha publicitária da coleção outono/inverno para o mesmo ano. Dirigida e clicada pelo fotógrafo David Sims, ela aparece quase irreconhecível nas imagens, mas extremamente linda.
Apesar das mudanças em campanhas passadas, os diretores criativos da Balenciaga decidiram mudar de rumo para o próximo capítulo de sua parceria. No lançamento da nova fragância da marca com colaboração do fotógrafo Steven Meisel (responsável pela última campanha da Louis Vuitton, estrelando Madonna), Charlotte Gainsbourg traz seu charme e beleza naturais, e chama atenção entre todos os anúncios em revistas como Vogue e Elle.


Fonte: http://oimoda.com.br

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Vivienne Westwood London fashion week

Aconteceu domingo 21/02 em Londres o desfile da coleção outono/inverno de Vivianne Westwood nossa querida vovó do punk.
Para nova proposta, Vivienne investiu em vários elementos já vistos em seus trabalhos; Influências militares, tartans, cortes ajustados e cores ousadas são algumas das apostas que dão vida a essa coleção bastante comercial da marca Red Label.
Com um apelo de responsabilidade ecológica e a ousadia fashion já caracteristíca da estilista, a grife Red Label de Vivienne Westwood apresentou uma coleção jovem e radiante, para Vvianne é hora mais do que nunca de ter consciência sustentável, recentemente, ao apoiar a campanha de combate ao aquecimento global da prefeitura de Londres, a dama declarou na TV britânica que deveríamos todos parar de comprar.

“Todos nós temos um papel a desempenhar e se você se comprometer com a vida, vai adquirir novos valores, descer da esteira do consumo e começar a pensar, e são esses grandes pensadores que salvarão o planeta.”

Vivienne Westwood

Ela diz que devemos desacelerar em nome do planeta e não comprar novas roupas, a não ser em caso de extrema necessidade e nesses casos, optar pela qualidade, com peças que resistam ao tempo e não lotem os aterros após poucos meses de uso.
Mas voltando a coleção. A cartela de cores bastante sóbria, tons mais vibrantes como o amarelo, o alaranjado e o pink ganharam destaque nas passarelas da Semana de Moda de Londres.

O brilho de efeitos metalizados também estava presente

O xadrez, queridinho da designer também foi um dos destaques, em tons suaves e neutros eles apareceram em saias, acessórios e corpetes


Ombros marcados dos anos 80 continuarão em alta em casacos e blusas delicadas ou mais agressivas


Fotos: Márcio Madeira fonte: wwww.portaisdamoda.com.br

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Alice

Está prevista para Março a estréia do filme Alice no país das maravilhas, de Tim Burton um diretor que valoriza o fantasioso de seus filmes e por consequência, de seus figurinos e direção de arte é um diretor bem visual.
Estou ansiosíssima pra ver o figurino que promete, mas enquanto isso em Paris, a loja de departamentos Printemps entrou na onda do espetáculo 3D. O magazine associou-se à Disney e está homenageando o filme com uma decoração especial.
A Printemps convidou vários estilistas bacanérrimos para fazer sua versão de Alice.
versão de Ann Demeleumeester
A Alice tie-dye modernosa de Bernhard Willhelm
Alice pequena, depois de beber o líquido do vidrinho, de Charles Anastase
A Alice da Maison Martin Margiela

Logo apos a morte do estilista inglês, a loja escreveu em sua vitrine “Alexander McQueen / 1969 a 2010 – Artista”.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

New York Fashion Week Spring 2010 Ana Sui



Ana Sui cursou moda na Parsons School of Design, em Nova York, e durante a faculdade trabalhou com a estilista Erica Elias. Em 1981 a estilista pensou em uma linha própria, e recebeu pedidos das lojas de departamento Macy's e Bloomingdale's. Trabalhou produzindo roupas para grandes lojas até o início da década de 90, quando resolveu sofisticar seu trabalho e montar um desfile. Com a ajuda de amigos como Steven Meisel e Naomi Campbell, ela realizou seu primeiro fashion show em 1991.
A primavera verão 2010 2011 de Anna Sui foi inspirada nas cenas do circo da versão de 1967 do filme Dr. Doolittle.
Com casting poderoso Sasha, Julia Stegner, Chanel Iman , Anna Sui mostrou uma coleção otimista, não apenas pelos sorrisos abertos que as modelos desfilaram. O verão da estilista vem com mínis larguinhas, acinturadas, algumas pregueadas, outras balonês. Os vestidos são dos mesmo estilo, embora curtos não são sensuais, são bem jovens e femininos. O styling deu mais ênfase a isso: meias-calças com estampas coloridas e sem padrão definido.


sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Um pouquinho do último desfile de Mcqueen

Aproveitando o gancho da Vivi, aqui vai parte do último desfile de Alexander McQueen; spring 2010, muitos não o conhecem vou postando devagar um pouco de sua trajetória. Com certeza um marco no mundo da moda, que se foi muito cedo.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

McQueen

Morre aos 40 anos Alexander McQueen, uma perda absurda para o mundo da moda.
Ele foi encontrado morto enforcado em sua casa, dias depois de perder sua mãe, três anos depois de perder uma de suas melhores amigas, que suicidou-se após saber que tinha câncer.
Eu tenho pouquissimo conhecimento para escrever sobre ele, sei que foi alguém que fez trabalho de forma impactante e linda como poucos conseguiram.
É triste saber que só poderemos ver seus desfiles em video e não mais teremos a ansiedade pela proxima criação.
Talvez seus trabalhos mais conhecidos sejam as roupas de Björk, e Lady Gaga usaram em seus clipes, mas seu papel na moda foi muito mais importante,passou pela direção criativa da Givenchy de 1996 a 2001. Também fez parceria com a Puma e Target entre muitos outros trabalhos.


sábado, 6 de fevereiro de 2010

Fábia Bercsek fecha a loja

Hoje a notícia que chegou cedo aos ouvidos dos fashionistas de plantão é que Fábia Bercsek fecha a loja e sai da programação do SPFW, digamos que é uma notícia não muito agradável, ela é uma das estilistas mais talentosas da nova geração.
E pelo que foi publicado por aí a coleção desfilada na áltima temporada nem deve ser vendida, a estilista vai vender suas craições pela internet.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

semana de moda IV Fábia Bercsek

Fábia se formou em 99 na faculdade Santa Marcelina e está no SPFW desde 2005.
Ela tem sempre um pitada roqueira, embora nessa coleção isso tenha sido sútil. A inspiração veio de Joana D'Arc mas Fábia não colocou querreiras na passarela. Foram tops de cetim, saias de paetês sutiãs franjados paletós com bicos pontudos e calças de alfaiataria com recortes a cima do joelho, tudo com uma pitada lúdica parecia colocar contos de fadas na rua.
Segundo a estilista, sua coleção discute o verdadeiro sentido da moda, da arte e da vida, além da liberdade pessoal e das idéias (site da revista elle).





imagens:http://elle.abril.com.br/desfiles/fabia-bercsek/spfw-inverno-2010-525244.shtml#19

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

semana de moda V Maria Garcia

Maria Garcia é a segunda marca da Huis Clos, a direção criativa é da estilista Camila Cutolo, focada em criações mais jovens com um pitada lúdica.
Nessa coleção o ponto de partida foi a banda de rock alternativo do anos 90 Cake. A passarela foi decorada com pichações e as modelos desfilaram ao som de DJS.
A estilista definiu a inspiração da coleçâo como 'Street Chic" a idéia foi levar para a passarela roupas de rua mas de forma elegante.



imagens do site http://elle.abril.com.br/desfiles/maria-garcia/spfw-inverno-2010-524988.shtml#26